3,5 mi de brasileiros oficialmente afetados pela crise

3,5 mi de brasileiros oficialmente afetados pela crise

Pelo menos 3,5 milhões, confirma o Ministério da Economia, já tiveram cortes no salário.

Somente em Joinville (SC), a maior cidade de Santa Catarina, o prejuízo é calculado em R$ 800 milhões.

O que importa!

CORTES 🔴 De acordo com o Ministério da Economia, 3,5 milhões de brasileiros já tiveram salário, jornada de trabalho reduzidos ou contratos suspensos pela grave crise provocada pelo Coronavírus.

CORTES 2 🔴 A estimativa do Sebrae é que as empresas da cidade de Joinville (SC) perderam R$ 800 milhões em receita com a pandemia. São 35 mil trabalhadores dispensados no município.

QUARENTENA 🔴 A Prefeitura da cidade turística de Capitólio (MG) fiscaliza o aluguel e empréstimo de imóveis de temporada, além do funcionamento de hotéis e campimg. A prática está proibida.

PREJUÍZO 🔴 Carreata com 250 veículos do movimento ’SOS Turismo’ é realizada na tarde de hoje na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O setor pede apoio do governo.

PROTEÇÃO 🔴 Em todo o Estado do Paraná passa a ser obrigatório o uso de máscara. Existem casos confirmados em 111 municípios. Apenas em Curitiba são 380 casos e 14 mortes. 

DESINFECÇÃO 🔴 A higienização das ruas de Marechal Deodoro (AL) tem participação do Exército. O Estado tem 243 casos confirmados e 20 mortos por Coronavírus.

REABERTURA 🔴 Em Porto Nacional (TO) está autorizado o funcionamento parcial de igrejas, academias e feiras. A partir de 4 de maio o uso de máscaras passa a ser obrigatório.

RENDA 🔴 Em duas semanas, quase duas mil pessoas solicitaram seguro-desemprego em Campo Grande (MS). No Estado, a suspensão de contratos atingiu 21 mil trabalhadores.

URNAS 🔴 Eleitores de 148 municípios de Minas Gerais que não fizeram o cadastro de biometria vão poder votar normalmente nas eleições municipais deste ano.

CHUVA 🔴 A avó e uma criança de 4 anos morreram após deslizamento de terra nesta quinta-feira, 23, em Salvador (BA). Diversos pontos da capital registram alagamentos.