STF libera volta de senador flagrado com dinheiro na cueca

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) foi autorizado a assumir novamente o mandato, autoriza o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). O parlamentar, vice-líder do governo Bolsonaro na Casa, foi flagrado com dinheiro na cueca durante operação da Polícia Federal que investigava esquema de desvio de recursos públicos no combate ao Coronavírus em Roraima. Dos R$ 33,1 mil, R$ 15 mil estava entre as nádegas.

Por meio da assessoria, Rodrigues afirma que ainda não decidiu se vai retomar as atividades parlamentares.

Ele teme enfrentar processo no Conselho de Ética.