Proposta de R$ 3,1 mil mensais até durar estado de calamidade

Proposta de R$ 3,1 mil mensais até durar estado de calamidade

Três salários mínimos, ou R$ 3.135 mensais. O Senado estuda criação de programa que garanta a renda até durar o estado de calamidade.

Se aprovada, a proposta proíbe os empregadores a demitir os beneficiários até um ano após o fim do pagamento do auxílio.

De acordo com o UOL, a medida ampliaria o pacote de medidas já anunciadas, como os R$ 600 mensais.

O chamado ‘Coronavoucher’ já foi aprovado e aguarda sanção do presidente Jair Bolsonaro.