Prefeito de Capitólio diz que prefere reclamação pela crise que pedido de ajuda para enterro

Em um dos áudios (ouça no final da postagem) mais compartilhados nas últimas horas nas redes sociais, o prefeito de Capitólio, Cristiano Gerardão (PL), revela os motivos para fechamento do comércio não essencial da cidade pelos próximos 12 dias, citando pelo menos dois pacientes internados na Santa Casa de Piumhi que não estão conseguindo vagas de UTI para Covid na Santa Casa de Passos.

‘Prefiro a população reclamar da falta de dinheiro na minha porta do que pedir ajuda para enterrar um familiar’, afirmou.

Os atrativos turísticos estarão vetados neste período, mas hóteis e pousadas funcionam de maneira parcial.