Pesquisa na UFMG: algoritmo otimiza melhoramento genético da couve e da batata doce

Pesquisa na UFMG: algoritmo otimiza melhoramento genético da couve e da batata doce

Para obter espécies de plantas com características selecionadas ou desejadas, pesquisadores se dedicam ao estudo de diferentes técnicas para o melhoramento genético. No Instituto de Ciências Agrárias (ICA) da UFMG, em Montes Claros, foi desenvolvido um algoritmo matemático capaz de fazer a seleção simultânea de diferentes características no melhoramento genético da couve e da batata doce. 

A técnica foi testada e avaliada no cultivo em campo e demonstrou eficácia, atesta a pesquisadora Ana Clara Fernandes, autora de dissertação desenvolvida no âmbito do mestrado em produção vegetal. Ela falou sobre a pesquisa na edição desta semana do programa Veredas da Ciência, veiculado pela Rádio UFMG Educativa Montes Claros. A reportagem é de Amanda Lelis.