O papel da ‘Vaza Jato’ na retomada de Lula ao cenário político

A força de Sergio Moro parecia tão grande à época do caso da ‘Vaza Jato’, a revelação do site The Intercept com as conversas com os bastidores da maior operação contra corrupção da história brasileira, que se duvidava que juridicamente pudesse surtir algum efeito. E a resposta veio anos depois, com a decisão do ministro Luiz Eduardo Fachin, do STF. Já com Lula solto, e Bolsonaro soterrado com a maior crise sanitária do século, a chance do ex-presidente vencer a corrida de 2022 é a mais real possível.

A Operação Lava-Jato passa por linchamento público e já é considerado passado.

A polaridade direita-esquerda está mais forte do que nunca e o Brasil não dá sinais de calmaria até pelo menos 2026 — se o vencedor do ano que vem fizer uma administração madura.