Na onda roxa, pessoas com sintomas gripais não podem circular

‘Esse vírus, a nova cepa, parece um resfriado comum e depois se torna de uma pneumonia grave’, afirmou em coletiva na manhã desta terça-feira o novo secretário de Saúde Minas Gerais, Fábio Baccheretti. Entre uma das medidas que constam na onda roxa, a fase mais restritiva do programa Minas Consciente que passa a vigorar a partir desta quarta-feira, 17, em todo o Estado, esta a ‘proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, exceto para realização ou acompanhamento de consultas ou realização de exames médico-hospitalares’.

O governador Romeu Zema afirmou que apesar de dobrar o número de leitos de UTI no Estado, não há mais profissionais para atender a demanda de novas vagas.

A onda roxa deve vigorar por pelo menos 15 dias.