Onda roxa a partir de quarta em Minas Gerais por ‘questão humanitária’

Em reunião com prefeitos na noite desta segunda-feira, 15, o governador Romeu Zema confirmou que vai decretar onda roxa em todo o Estado de Minas Gerais a partir desta quarta-feira, 15. A fase mais restritiva do programa Minas Consciente veta até reunião entre familiares de parentes que não moram na mesma residência, com o funcionamento de fato apenas de grupo restrito de comércios, considerados essenciais. Zema disse que a decisão é uma ‘questão humanitária’ com o agravamento do quadro da pandemia.

O decreto deve valer por pelo menos 15 dias.

Mais de 300 municípios do Estado já está na fase mais restritiva, alguns por adesão própria.