Mulher diz que ‘morreu’ por 37 segundos e viu seu corpo ‘de cima’

No documentário ‘Surviving Death’, da Netflix, Stephanie Arnold, de Chicago, nos Estados Unidos, relata que em 2013, logo após parto do seu segundo filho, viu o seu corpo ‘de cima’ enquanto estava na sala de operações maternidade quando foi considerada morta por 37 segundos. Stephine, hoje com 49 anos, apresentava condição chamada ‘placenta prévia’, o que pode ocasionar parto prematuro e hemorragia.

‘Tudo veio em um filme 3D e eu podia realmente me ver fora do meu corpo. Meu ponto de vista estava acima do corpo e próximo dele, e eu podia ver tudo o que estava acontecendo na sala de cirurgia’, conta.

Ela afirma ter notado o trabalho da equipe médica, ao mesmo tempo que percebia a presença da filha, em outra parte do hospital, aos cuidados da babá.

‘Nessa outra dimensão, as relações espaciais se rompem. Não há teto, não há paredes. Tudo fica se movendo em tantas direções diferentes. E então eu vi espíritos por toda parte. Entre eles, minha avó que faleceu quando eu tinha 10 anos, além do irmão da minha mãe’, revela.