Escolas estaduais de Minas Gerais elegem representantes dos colegiados

Escolas estaduais de Minas Gerais elegem representantes dos colegiados

Nesta sexta-feira (13/9), as escolas da rede estadual de ensino e suas comunidades definem a escolha das pessoas que irão compor os colegiados escolares. O órgão é composto por estudantes, pais e/ou responsáveis e servidores da escola e deve atuar, permanentemente, como agente de apoio da gestão escolar.

Na Escola Estadual Coronel Manoel Soares do Couto, em Belo Horizonte, a votação começou cedo. Uma sala da escola foi adaptada e funcionou como local de votação. Servidores orientavam os votantes que marcavam o nome de seus escolhidos em uma cédula e depositavam em uma urna. Além da votação, a apuração dos votos e o anúncio dos membros eleitos, por segmento, também ocorre nesta sexta-feira.

A diretora da escola, Sonia Lúcia Magalhães, fala que convocou toda a comunidade para participar da votação. “Convocamos por meio de bilhetes e de cartazes que foram colocados em vários pontos do nosso bairro e da escola. Também foi feita uma reunião com os alunos sobre a importância da participação”. A escola conta com cerca 1,3 mil alunos e aproximadamente 600 estudantes podem participar da votação.

A aluna do 2º ano do ensino médio, Alicia Victória de Assis Silva, está entre os alunos aptos a participar da votação do colegiado escolar. Para ela, “é muito importante participar deste momento porque é a partir dele que nós escolhemos os nossos representantes. Tem que ser alguém em que a gente confia”, afirma.

Votação na E.E. Fernão Dias, em Pirapora (Crédito: Arquivo da escola)

Já na Escola Estadual Fernão Dias, em Pirapora, a diretora Cleta Gonçalves de Oliveira Sena destaca a importância do colegiado. “O nosso colegiado é muito atuante. Eles participam das atividades financeiras e pedagógicas e sempre opinam e sugerem novas ações. É um trabalho conjunto e a comunidade entende isso”.

Josiane Mamede de Souza é mãe de uma aluna do 2º ano do ensino fundamental da Escola Estadual Menino Jesus de Praga, em Caratinga. Consciente do papel do colegiado na escola, ela foi até a unidade escolar onde a filha estuda para dar o seu voto. “Sei da importância do colegiado para a escola e acho importante eleger um pai ou um responsável que realmente nos represente”.
Composição

O colegiado deve ser composto por profissionais em exercício na escola e pela comunidade atendida pela escola. O órgão é presidido pelo diretor ou pelo coordenador da unidade de ensino. Os membros do Colegiado Escolar são escolhidos por seus pares. O colegiado de cada escola pode ser composto por seis a 12 membros, dependendo do número de alunos matriculados na unidade.