Cultos religiosos em Passos podem ter até 3 músicos para canções de louvor

As medidas restritivas com as ondas do programa Minas Consciente tem mudado toda a dinâmica dos cultos religiosos em Passos. Na adoção das medidas da fase vermelha a partir deste fim de semana, o decreto do prefeito Diego Oliveira (PSL) enfatiza que deve existir marcação prévia de assentos e com indicação visível do número máximo de pessoas (distância mínima de 3 metros), além de limite de três músicas na execução de músicas de louvor (de preferência executadas de forma mecânica).

E sem qualquer tipo de contato físico entre participantes.

O comércio continua funcionando na segunda fase mais restritiva do Minas Consciente.