passos mg

Com onda vermelha, eventos voltam a ser proibidos em Passos

Embora o programa Minas Consciente autorize realização de eventos de até 30 pessoas na onda vermelha, o novo decreto em vigor a partir deste domingo, assinado pelo prefeito Diego Oliveira (PSL), não prevê festas e confraternizações em locais públicos, com ou sem finalidade comercial. Bares e restaurantes, inclusive com música ao vivo, podem funcionar até 23h30, com tolerância de meia-hora para o fechamento de contas.

O consumo em pé está proibido.

Distanciamento mínimo volta a ser de três metros, com média de 10 metros quadrados por pessoa.