Alexandre de Moraes também proíbe Pix para ato de 7 de Setembro

Além de proibir os 10 alvos da operação da Polícia Federal realizada nesta sexta-feira, 20, de participarem de atos nas ruas do Distrito Federal (entre eles o cantor Sérgio Reis e o deputado Otoni de Paula, do PSC do Rio de Janeiro), o ministro Alexandre de Moraes, do STF, bloqueou chave Pix que arrecadava dinheiro para financiar ato do dia 7 de setembro.

Nos últimos dias, a fala com mais repercussão nas redes sociais é a de Sérgio Reis, que foi interpretada como uma convocação para greve de caminhoneiros nas 72 horas que antecedem o Dia da Independência.

Os alvos da operação de hoje são considerados como incitadores de ações consideradas antidemocráticas.