A influência de Brasília sobre Kalil versus Zema em 2022

Após a eleição do senador por Minas Gerais Rodrigo Pacheco (DEM) à presidência da Casa, a discussão já está em 2022: a bancada do PSD apoiou candidatura de Pacheco só depois da benção do prefeito Alexandre Kalil, que rivaliza com Romeu Zema (Novo) ao governo do Estado em 2022. Zema, que defende Bolsonaro, e Kalil, que ataca a maneira que o presidente conduz a crise sanitária, batem boca publicamente diante da condução das ações de combate à pandemia.

Em algum momento haverá uma ruptura, pelo menos a nível estadual, entre Pacheco e Bolsonaro, que apoiou o senador mineiro, que também conseguiu trazer para perto a bancada do PT.

A popularidade de Kalil reeleito em primeiro turno em Belo Horizonte, maior colégio eleitoral, ameaça a reeleição de Zema.