Connect with us

Política

Zema melhora proposta, mas não atende reivindicação da Segurança

Published

on

Impasse continua após mais uma manifestação com 50 mil integrantes das forças de Segurança de Minas Gerais: o governador Romeu Zema (Novo) afirmou em coletiva na manhã desta sexta-feira, 11, que não vai conceder reajuste de 24%, mas sim dos 10% aplicados para todo o funcionalismo, mais retroativo de janeiro de 2022 e aumento no auxílio-vestimenta. ‘As forças de segurança foram as únicas que tiveram um reajuste dentro do nosso governo, primeiro 13% e agora mais 10%. São mais de 600 mil pessoas que serão diretamente impactadas’, afirma.

Os chefes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros participaram da coletiva.

Os sindicatos ainda não se manifestaram sobre a nova proposta.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas