Connect with us

Cidades

Volta às aulas barrada: ‘crise sanitária não justifica’

Published

on

Barrada a volta às aulas no Estado de São Paulo. O TJ paulista suspendeu nesta quinta-feira, 28, a autorização do governo estadual para a retomada tanto em escolas públicas e privadas. João Doria promete recorrer. Na decisão, a juíza Simone Gomes Casoretti afirma que ‘a situação atual da crise sanitária não justifica a retomada das aulas presenciais nas escolas localizadas nas áreas classificadas nas fases laranja e vermelha’.

Ela exorta a ‘proteção ao direito à vida, que não pode ser desprezado’ e que embora ‘educação também é direito fundamental’, agora ‘merece prevalecer o direto à vida’.

‘Pois arriscar à saúde para a retomada das aulas presenciais, em locais onde a transmissão do vírus é intensa, sem vacinação dos profissionais da educação, pode gerar um aumento do número de contaminados e de mortos pelo vírus’.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas