Usina Angra 3 custa mais de R$ 3 milhões por mês sem funcionar

Usina Angra 3 custa mais de R$ 3 milhões por mês sem funcionar

Mesmo inoperante, o custo anual para manter em uso os equipamentos da usina nuclear Angra 3, no Rio de Janeiro, custa US$ 10 milhões, mais de R$ 3 milhões de por mês na cotação atual. Esse cenário, segundo reportagem do Estadão, permanece o mesmo nos últimos 36 anos. Os aparelhos estariam em perfeito estado, garante a Eletronuclear.

Angra 3 é considerada o obra de infraestrutura mais cara do Brasil. ‘Aguardamos que o recurso deste ano saia o mais rápido possível. Isso faz parte do nosso programa de aceleração da linha crítica da obra, que tem compromisso de concluir o projeto em 2026’, observou o presidente da Eletronuclar, Leoman Guimarães.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou anunciar a inauguração da usina em 2014, mas não se concretizou. Estima-se que pelo menos 58% da execução das obras estejam comprometidas por esquemas de corrupção.