Terceira dose será de uma marca diferente, diz secretário

O secretário de Estado da Saúde, Fábio Baccheretti, confirmou nesta quinta-feira, 26, que a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em Minas Gerais seguirá cronograma nacional, com início previsto em 15 de setembro. Ele explicou que a marca do imunizante deve ser diferente. Por exemplo: quem recebeu CoronaVac, vai tomar Janssen, AstraZeneca ou Pfizer. No Estado de São Paulo, a dose extra começa a ser ministrada dia 6.

Minas Gerais já tem a maioria das amostras de infectados apontando presença da variante Delta, que só é barrada (efeitos graves) com imunização completa (duas doses ou uma, no caso da Janssen). A previsão é que Minas Gerais vá atingir a chamada ‘imunidade de rebanho’ em outubro.

Oficialmente, 101 casos confirmados e duas mortes no Estado com a nova variante.