Tempo de espera por leito em Uberaba cai de 4 para 1,8 dias em média

CLARICE SOUSA

O secretário municipal de Saúde, Iraci de Souza Neto apresentou nesta terça-feira (03) na Câmara Municipal de Uberaba as mudanças realizadas no fluxo de leitos do Município para melhorar a disponibilidade de vagas em urgência e emergência. Ele foi implantado há 40 dias e, de acordo com os dados apresentados pela Secretaria de Saúde, já apresenta saldos positivos. 

Iraci relata que foi feito levantamento, com diagnóstico de toda a situação das Unidades de Pronto Atendimento – UPAs em relação às necessidades de leitos especializados para os pacientes que buscavam atendimentos de urgência e emergência, além de ampliar o acompanhamento no volume de internações e verificação junto aos hospitais dos leitos disponíveis. “Simplificando, o que fazemos diariamente é a qualificação do paciente, dentro das nossas urgências e emergências e o censo diário de leitos, que é buscar a disponibilidade de leito conforme a vocação de cada hospital, na média e alta complexidade. Juntando essas duas informações, nós transmitimos à Central Estadual de Regulação, que é quem tem a competência para regular os leitos, possibilitando acesso rápido e de qualidade do paciente ao hospital”, explica o secretário. 

Tempo. Segundo os dados apresentados à Câmara, a média de espera de transferência dos pacientes caiu de quatro dias para média de 1,8 dias, ou seja, mais de 50% de redução no tempo de espera, enquanto o número de transferências teve acréscimo de pouco mais de 21% em relação aos 40 dias anteriores à implantação do novo sistema, e acréscimo de 8% em relação ao mesmo período em 2018.

Iraci ressalta que a mudança já apresenta reflexos na região, visto que Uberaba é referência para vários municípios. “Esse trabalho já está sendo reconhecido, principalmente pelo governo estadual. Esse é um trabalho que pode se tornar referência para o estado” enfatiza.