Connect with us

Política

Telegram não vai mais ser bloqueado, decide Alexandre Moraes

Published

on

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) revogou decisão de bloquear o Telegram em todo o Brasil após o aplicativo cumprir todas as decisões judiciais pendentes. Entre as quatro medidas, exclusão de links do canal oficial de Jair Bolsonaro (PL) – com 1,1 milhão de seguidores -, que permitia download de documentos de inquérito sigiloso ainda não concluído pela Polícia Federal acerca da segurança das urnas eletrônicas.

O Telegram, que tem sede em Dubai, nos Emiradores Árabes, cumpriu as determinações às 14h45, duas horas antes do prazo determinado por Alexandre de Moraes.

A Advocacia-Geral da União (AGU) chegou a acionar o STF, pedindo medida cautelar contra a ordem de bloqueio expedida de maneira monocrática.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas