Sul de Minas: túnel que leva a bancos corre risco de desmoronar

Após o Corpo de Bombeiros percorrer 26 metros do túnel construído no centro de Poços de Caldas, no Sul de Minas, direcionado para agência do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, o trabalho foi paralisado pelo risco de desmoronamento da estrutura. ‘Nós cessamos os trabalhos hoje para continuar amanhã, vamos fazer uma abertura numa área externa para continuar até chegar ao ponto final desse túnel’, disse a delegada Juliane Emiko, à EPTV.

Acredita-se que tenham sido perfurados 40 metros e que o ponto final já esteja debaixo das agências.

‘A terra e os buracos eram feitos no fim de semana até mesmo para não levantar a suspeita maior, principalmente porque no banco não tem gente aos finais de semana. O início do túnel já está bem estruturado, porque tinha iluminação, até um mecanismo para oxigenar, para ter troca de ar lá dentro, tinha iluminação e no início ele tem até uma estrutura física para sustentar o túnel’, explica a delegada.