Sul de Minas: maioria da população em situação de rua não aceita ir a abrigo

‘Embora diversas pessoas tenham sido abordadas, a maioria não quis ir para um abrigo. Além da ação noturna que realizamos, durante o dia fizemos uma busca ativa, nos locais onde essas pessoas almoçavam e se reuniam oferecendo ajuda e um lugar para se abrigar do frio à noite’, observa o assistente social Ronaldo de Carvalho, de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas.

Foi realizada doação de cobertores para esse público.

A região registra temperaturas próximas a zero grau nas últimas madrugadas.