Rondônia é o segundo estado a entrar em colapso e transferir pacientes

Após a repercussão internacional do colapso vivido pelo Amazonas nas últimas semanas, com pacientes morrendo por falta de oxigênio em hospitais de Manaus, agora é a vez de Rondônia anunciar que vive situação parecida e pedir transferência de pacientes para outros Estados. O governador Marcos Rocha (PSL) faz apelo para vindo de médicos ao Estado para dirigir equipes de Saúde.

‘Eu tive essa doença, sei como ela é ruim. Eu perdi amigos, perdi ontem, inclusive um grande amigo. Não podemos permitir que essa doença se amplie’, disse à Folha.

Há suspeita de que a variante do Amazonas já esteja circulando no Estado.