Romeu Zema: ‘os números dos últimos dias estão nos assustando’

Romeu Zema: ‘os números dos últimos dias estão nos assustando’

‘Medidas mais duras vão se fazer necessárias no estado. Por isso, eu continuo pedindo: é necessário manter o isolamento àqueles que podem. Fiquem em casa. Aqueles que precisar trabalhar, que façam uso de todas as medidas possíveis para a sua segurança e dos outros também. Distanciamento, o uso de máscaras e também as medidas de higienização. Não podemos facilitar com esse inimigo invisível e imprevisível. Já nos estruturamos bem. Hoje temos mais UTI’s, já adquirimos respiradores, mas o número dos últimos dias está nos assustando’.

A exemplo das ações do prefeito Alexandre Kalil, em Belo Horizonte, o governo Romeu Zema deve estender as medidas de restrições para o restante do Estado, o segundo mais populoso do Brasil e que registra até agora um dos menores números de vítimas da pandemia, mas diariamente vem renovando recordes.

Em quatro dias foram confirmados mais de 130 mortos.