Ribeirão Preto ‘trancada’ por pelo menos cinco dias

Até o transporte coletivo de Ribeirão Preto (SP) vai parar por pelo menos cinco dias — uma das medidas adotadas pela Prefeitura para tentar frear o avanço da pandemia, que provoca recorde de ocupação de UTIs na cidade. Mesmo assim, não é considerado um novo lockdown, como foi adotado pela vizinha Batatais.

Restaurantes e supermercados, apenas via delivery.

O lockdown foi adotado por Ribeirão entre 17 e 21 de março, inclusive com fechamento de indústrias — o que não foi adotado agora.