R$ 244 mil: casarão histórico em construção pau a pique no centro de Itabira é restaurado

R$ 244 mil: casarão histórico em construção pau a pique no centro de Itabira é restaurado

A Prefeitura de Itabira concluiu no final do ano passado outra reforma em um casarão histórico de Itabira, localizado na praça Joaquim Pedro Rosa, nº 14, na região central. As obras fazem parte do programa de revitalização do patrimônio histórico e cultural da cidade, realizadas com recursos do Fundo Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Fumpac), oriundos também do ICMS Cultural (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

A conservação do imóvel, tombado em 1988 pelo decreto nº 3.442, estava em situação precária. De acordo com relatório da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU), existiam pontos de infiltração no telhado e em parte da edificação. Além disso, a construção em pau a pique precisava de urgente substituição e a fachada do imóvel estava descaracterizada.

Portanto, a Prefeitura reforçou a estrutura do casarão, refez a fachada (parte da alvenaria, esquadrias e pintura geral), a cobertura (madeiramento do telhado, telhas, sistema de captação de água pluvial e forro no beiral) e as instalações elétricas. Foram investidos R$ 244.866,01.

Mais

Na próxima semana, os trabalhos começarão no casarão situado no número 55 da rua Tiradentes, no centro histórico de Itabira. Por meio do programa de revitalização, a Prefeitura irá reformar todos os itens da fachada, cobertura e parte elétrica do imóvel. 

Na última vistoria, realizada em julho do ano passado, a Secretaria Municipal de Obras, Transportes e Trânsito (SMOTT), responsável pela execução dos trabalhos, constatou que a construção não tem danos estruturais complexos. Esta reforma custará R$ 250.367,06.

ICMS Cultural

Itabira faz parte do programa de incentivo do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) para a preservação do patrimônio histórico, que repassa à Prefeitura os recursos do ICMS para reformar e cuidar dos imóveis históricos. Em 2019, o Município conquistou 19 pontos no programa e receberá, neste ano, cerca de R$ 450 mil reais para as novas obras.

Daniel Polcaro

Jornalista e editor dos sites Da Redação e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.