Brumadinho: Justiça autoriza Copasa a entrar em terrenos

R$ 1 milhão de indenização por trabalhador morto em Brumadinho

A família de cada trabalhador morto na tragédia provocada pelo rompimento da Barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), receberá R$ 1 milhão de indenização da Vale. A condenação é do Tribunal Regional do Trabalho de Betim. O acidente em 25 de janeiro de 2019 matou 270 pessoas — 137 seriam funcionários diretos da mineradora, que disse que vai analisar a decisão.

De acordo com a empresa, R$ 2 bilhões já foram pagos entre indenizações cíveis e trabalhistas.

Enquanto isso, outro sinal de alerta em Mariana: ‘grave e iminente risco de ruptura por liquefação’ da barragem Xingu, na mina Alegria, da mesma Vale.