Quem é Steve Bannon, que é monitorado pela Polícia Federal

Um nome internacional entrou para o vocabulário político brasileiro: Steve Bannon, ex-estrategista de Donald Trump. Seus métodos de desinformação estariam sendo usados pela rede bolsonarista na internet e que são apontados como ferramentas contra a democracia, com ataque às urnas eletrônicas. Por isso, a Polícia Federal está monitorando as investidas de Bannon, que acompanhou o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) no último dia 12, em Dakota do Sul (EUA), em evento marcado por teorias de desinformação acerca das eleições, informa o Estadão.

Eduardo Bolsonaro chegou a falar 40 minutos durante o evento.

Acredita-se que Bannon pode trabalhar presencialmente na campanha de Bolsonaro à reeleição. O estrategista é acusado de se beneficiar, de acordo com a Justiça norte-americana, de fundo que arrecadou US$ 25 milhões que seriam usados para construção de muro na divisa com o México.