creche santa catarina

Quem é o jovem que matou crianças em creche e o que perguntou ao ser socorrido

‘Ele estava sangrando bastante, mas permaneceu consciente. Perguntava quantas pessoas tinha matado. E dizia que queria morrer’, contou ao GLOBO o soldado Raphael Blazech, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. Fabiano Kipper Mai, 18 anos, invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela feriu uma professora com um facão e em seguida teria corrido para a sala onde estavam quatro crianças com menos de dois anos.

Ele também atacou um agente de Saúde que realizava trabalho no local. Ao todo, cinco pessoas morreram.

Fabiano não conseguiu concluir sua tentativa de suicídio e foi socorrido ainda consciente.