PT anuncia apoio a Rodrigo Pacheco para presidência do Senado

Com o apoio da bancada do PT para a eleição de fevereiro para a presidência do Senado, o senador Rodrigo Pacheco (DEM) deixa isolado o MDB. O parlamentar mineiro, que tem base eleitoral em Passos, agora é o nome de seis partidos (DEM, PROS, PSC, PSD, PT e Republicanos), somando 29 senadores — ele precisa de mais 12 votos para vencer. Mas a votação é secreta, o que pode favorecer traições.

Pacheco é apoiado pelo atual presidente, Davi Alcolumbre, também do DEM.

Mesmo que não tenha anunciado publicamente, Bolsonaro estaria apoiando Pacheco, já que ele foi a escolha do filho senador, Flávio Bolsonaro.

Foto: Adriano Machado | Reuters