‘Por favor, alguém sabe me dizer se o comércio vai abrir hoje?’

A frase que mais se lê nos grupos das redes sociais de Passos, Piumhi e região é se o comércio vai abrir e que tipo de loja já pode estar aberta. O ‘lockdown de Páscoa’ foi tão noticiado que a população parece ter se esquecido da vigência da Onda Roxa até pelo menos 11 de abril na maior parte de Minas Gerais. A confusão se tornou ainda maior com a liberação pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) das reuniões familiares e a suspensão do toque de recolher às 20 horas.

Com a Onda Roxa em vigor, nenhum município pode abrir comércio normalmente — e todas as ações neste sentido foram negadas na Corte maior do Estado.

Se começar a cair as restrições quando chegar nos tribunais de Brasília, a história até pode mudar um pouco. É o que indica, com a liberação de missas e cultos, para 25% da capacidade, em decisão polêmica do ministro Kassio Nunes, do Supremo Tribunal Federal (STF).