Por caixa 2 na JBS, ‘coringa’ de Bolsonaro terá de pagar R$ 189 mil

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Onyx Lorenzoni (DEM), a quem Bolsonaro chama de ‘coringa’ do seu governo, terá que pagar R$ 189 mil por caixa dois na JBS. Esse foi o acordo feito com a Procuradoria-Geral da República para que não fosse responsabilizado criminalmente, informa a Folha. ‘Não posso obrigar o Ministério Público a propor uma ação. Se ele diz que quer fazer um acordo, é preciso segui-lo’, afirmou o ministro Marco Aurélio de Melo, do Supremo Tribunal Federal (STF), que homologou o acordo.

O dinheiro ilegal recebido entre 2012 e 2014 foi de R$ 300 mil — com correção monetária, R$ 437 mil.

A multa de R$ 189 mil leva em conta o nível da gravidade do crime e a faixa de renda de Onyx.