Polícia Ambiental investiga contaminação de água que abastece Piumhi

De acordo com o diretor do SAAE, Eduardo Assis, em entrevista à Onda Oeste, a Polícia Ambiental e equipe técnica da autarquia percorreram toda a extensão do ribeirão Araras para tentar identificar a origem do problema. E que a olho nu nada foi encontrado. As amostras da água já foram encaminhadas para laboratório de Araxá, com expectativa de resultado em até 5 dias.

O primeiro sinal de que algo estava errado foi a mortandade de peixes identificada na manhã desta terça-feira, 23.

Piumhi está sendo abastecida neste período pelo ribeirão Tabuões.