Piumhi vive reaquecimento de segunda ou já passa por terceira onda da pandemia?

Semelhante ao cenário nacional, Piumhi parece viver um reaquecimento da segunda onda e não a abertura, de fato, de uma terceira onda da pandemia. O cientista Miguel Nicolelis aponta que o cenário nacional de agravamento dos casos de Coronavírus começou durante a campanha eleitoral de novembro do ano passado, se reforçando nos feriados de Natal e o período que seria de Carnaval.

De acordo com gráfico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) de casos ao longo da pandemia, Piumhi apresenta baixa significativa em meados de fevereiro, mas não chega a zerar.

Em seguida, sobe com força, na iminência de passar o seu pior período: janeiro.