PF combate desvio de recursos de hospital de campanha de Divinópolis

A Polícia Federal cumpre nesta sexta-feira, 11, 4 mandados de prisão temporária, 26 de busca e apreensão e bloqueio de mais de R$ 2 milhões em operação que combate desvio de recursos públicos de hospital de campanha de Divinópolis (MG) — o total do contrato é de R$ 100 milhões, provenientes de recursos federais para o combate à pandemia e intermediado por uma Organização Social (OS).

Mais de uma centena de agentes e auditores da Controladoria Geral da União (CGU) cumprem mandados em Divinópolis, Belo Horizonte, Oliveira, Betim, Contagem, Mateus Leme, Lagoa Santa e São Joaquim de Bicas.

Os crimes previstos são fraude em licitação, desvio de recursos públicos e associação criminosa. Se somadas, as penas podem chegar a 19 anos de prisão.