Parque Estadual de Nova Baden, em Lambari, comemora 25 anos

AGÊNCIA MINAS

O Parque Estadual de Nova Baden, em Lambari, região Sul do estado, comemora, no próximo dia 27 de setembro, 25 anos de criação. Para comemorar a data e estimular os praticantes de atividades físicas a conhecerem o parque, além de realizarem atividades físicas ao ar livre e em contato com a natureza, a Unidade de Conservação promoverá no próximo sábado (14/9), uma ação recreativa e desportiva.

Serão oferecidas aos participantes as modalidades de alongamento, exercícios funcionais e uma caminhada monitorada, tudo realizado com a instrução de profissionais especializados da academia parceira Profitness. Além das atividades físicas, as pessoas terão a oportunidade de conhecer o Centro de Visitantes do parque, com seus painéis ilustrativos e explicações sobre a rica biodiversidade da unidade.

O parque se destaca na região por sua beleza. A área foi protegida em 1974, com a criação da Reserva Biológica de Nova Baden, sendo alterada sua categoria de manejo para parque em 27 de setembro de 1994 pelo Decreto nº 36.069. Está localizado no município de Lambari, na região Sul do estado, conhecida como Circuito das Águas, numa porção do relevo brasileiro conhecido como Planalto Atlântico, na Serra da Mantiqueira. Encontra-se inserido na sub-bacia do Ribeirão do Melo, na Bacia Hidrográfica do Rio Grande.

Patrimônio Natural

Crédito: Paulo Sato

Nova Baden possui uma área de 214,47 hectares, nos quais os recursos hídricos se destacam. Várias nascentes existem no interior da mata, sendo a mais importante a cachoeira Sete Quedas. A unidade de conservação abriga valiosos exemplares da fauna e a flora da Mata Atlântica. Entre as diversas espécies da flora estão o jequitibá, o cedro, a peroba, o palmito, o jacarandá, o pinheiro brasileiro e o cedro. O clima úmido propicia a formação de um ecossistema rico em musgos, liquens, bromélias e orquídeas.

O parque é uma importante reserva de diversas espécies de anfíbios, mamíferos e aves. Dentre as espécies, destacam-se os primatas barbado, sauá, mico e macaco-prego, além da jaguatirica, quatis, tatu e tamanduá-mirim.
 
Pioneiro
 
O nome do parque é uma referência ao alemão Américo Werneck, da cidade de Baden-Baden que, no século 19, instalou-se na região. Pioneiro em questões ambientais, o doutor Werneck era fruticultor e desenvolveu vários projetos de aproveitamento racional das estâncias hidrominerais.  Foi também o autor do projeto do Cassino de Lambari.

Mais tarde, desgostoso com a política local, partiu e não retornou para reaver suas terras, o que levou o Estado a se apropriar da sua fazenda, transformando-a em uma área de proteção ambiental em 1974. O Parque Estadual de Nova Baden foi aberto à visitação em 1995.

Infraestrutura

O Parque Estadual Nova Baden possui uma excelente infraestrutura para atendimento ao visitante com destaque para o Centro de Visitantes que possui auditório para 90 pessoas, salas para reuniões e posto para a Polícia de Meio Ambiente. O centro ocupa o casarão que era a sede da fazenda de Américo Werneck.