Palloci tem o nome protestado em cartório e procura emprego

Com bens bloqueados, o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil do governos Lula e Dilma, Antonio Palocci teve o nome protestado em ao menos dois cartórios. Um dos motivos, revela o Valor, é a falta de pagamento de uma conta de telefonia celular de R$ 199. Há também atraso de condomínio e IPTU em apartamento na região dos Jardins, em São Paulo, avaliado em R$ 10 milhões.

A empresa de consultoria do ex-ministro, que chegou a lucrar R$ 81 milhões em 2016 agora tem dívida trabalhista de R$ 280 mil.

Ele procura emprego.