Otoni de Paula já foi condenado por chamar Alexandre de Moraes de ‘cabeça de ovo’

O deputado bolsonarista Otoni de Paula (PSC-RJ), alvo de operação da Polícia Federal nesta sexta-feira, 20 — autorizada por Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) a pedido da Procuradoria-Geral da República —, já foi condenado em R$ 70 mil por chamar o ministro nas redes sociais de ‘cabeça de ovo’ e ‘cabeça de piroca’. O cantor Sérgio Regis também é alvo de das buscas realizadas nos estados de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Ceará e Paraná.

Em live na manhã desta sexta, Otoni indicou que foi intimado a comparecer à PF para prestar depoimento.

O ex-deputado Sérgio Reis ganhou notoriedade diante da queda de braço entre o presidente Jair Bolsonaro e o Judiciário ao ‘convocar’ greve de caminhoneiros 72 horas que antecedem o feriado de 7 de setembro.