OPINIÃO: O simbolismo de um ministro da Economia dando esmola

A crise econômica, em sua maior parte provocada pela pandemia, provocou o simbolismo de uma cena que pode se dizer inédita na memória do brasileiro: a de um ministro da Economia dando esmola a um homem que segurava cartaz, dizendo ser deficiente e estar sem trabalho. De acordo com os repórteres que estiveram no local, Paulo Guedes deu pelo menos R$ 50 a ele.

De acordo com Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua), do IBGE, o Brasil conta hoje com praticamente 15 milhões de desempregados.

A taxa de desemprego fechou o trimestre de abril em 14,7%.