Connect with us

Polícia

Operação do MP mira diretores de presídio do Sul de Minas

Published

on

Operação ‘Penitência’ do Ministério Público mira corrupção passiva, receptação e embaraços de investigações no Sul de Minas. Entre os envolvidos, advogados, policiais penais e diretores do presídio de Varginha. De acordo com o órgão ‘policiais penais cobravam propinas das pessoas privadas de liberdade para os mais diversos fins, dentre eles transferências ou permanência na unidade local (onde o regime semiaberto é domiciliar), obtenção de trabalho externo ou interno e outros confortos. Advogados e particulares seriam intermediários das propinas’.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, 5 de prisão preventiva e um de prisão temporária.

Além de cinco promotores de Justiça e três servidores do MP, participaram da operação 19 policiais militares, três policiais civis e 15 policiais penais.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas