Onde estão os hospitais de campanha de acordo com Romeu Zema

De acordo com o governador Romeu Zema, as críticas sobre fechamento dos hospitais de campanha não têm fundamento, pois todo o sistema de saúde de Minas Gerais foi estruturado para compensar o fechamento dessas unidades extras abertas durante a primeira onda e que sequer foram usadas, a exemplo da instalação na Gameleira, em Belo Horizonte. As melhorias no sistema de Saúde do Estado ‘é equivalente a 15 hospitais de campanha’. Ele cita 10 mil leitos de enfermaria e 4 mil UTIs.

O governador afirma que o paciente é melhor atendido dentro de um hospital já montado do que em um leito de hospital de campanha. ‘Se hoje o Hospital de Campanha estivesse aberto, não teria profissionais para atender’.

Zema revela que Minas Gerais negocia compra de vacina com 5 laboratórios.