Onda roxa: prefeito de Piumhi diz que região ‘paga o pato’

O prefeito de Piumhi, Dr. Paulo Cesar Vaz, se diz contra a onda roxa, pois a microrregião realiza combate satisfatório à pandemia e que ‘paga o pato’ pelos índices de transmissão de outras regiões do Estado, com a imposição de fase mais restritiva pelo governador do Estado. O município acionou Romeu Zema no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), pedindo flexibilização das restrições — principalmente a nível do comércio — de acordo com o risco de transmissão local, mas o prefeito admite que é difícil vencer.

Ele chegou a citar, durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, 17, que alguns municípios se negam a cumprir a ordem estadual, mas o prefeito corre risco de responder por improbidade administrativa.

A UTI-Covid que atende toda a região de Piumhi, na Santa Casa de Passos, tinha apenas duas vagas para internação, de acordo com o boletim desta quarta-feira.