O que a Polícia Federal afirma que realmente ocorreu em Brumadinho

De acordo com laudo apresentado pela Polícia Federal, o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho em janeiro de 2019 não foi causada por uma combinação de fortes chuvas e deformação do terreno e sim pro perfuração da própria empresa, realizada da parte superior até a base da represa de rejeitos. Essa operação foi iniciada cinco dias antes do rompimento e estava em curso no dia da tragédia.

Esse tipo de perfuração tem como objetivo fazer um diagnóstico das condições dos rejeitos armazenados na estrutura.

Em seguida são instalados equipamentos que medem a pressão interna da barragem.