O grande problema de Zema no olho do furacão da pandemia

Com mais de 800 servidores da Secretaria de Saúde imunizados pelo Covid, inclusive o secretário Carlos Eduardo Amaral, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou demissão do titular da pasta após denúncias de irregularidades. Mas diante do clamor popular por vacina, o caso de ‘fura-fila’ teve desdobramento trágico na Assembleia Legislativa (ALMG). É que a lista cobrada pelo presidente Augustinho Patrus (PV) chegou com menos nomes e sem o timbre da Secretaria de Saúde, gerando dúvidas sobre a veracidade.

‘A ALMG continuará determinada a encontrar a verdade e não aceitará meias respostas. Aguardo, com urgência, a lista correta’, afirmou ao Twitter.

A base de Zema na ALMG diz que a lista foi enviada pelo próprio Carlos Eduardo Amaral, e que uma nova relação será encaminhada.