O futebol morreu para os jornalões?

Na semi-final do Mundial de Clubes da Fifa, o Palmeiras ganha chamada discreta — os rôbos aspiradores recebeu o dobro do espaço, com direito a foto, no Estadão — no dia que enfrenta o Tigres, a um passo para ser o primeiro time brasileiro a vencer na final um clube alemão. O clima de futebol, sem a torcida nos estádios, de fato arrefeceu como nunca antes, mas o destaque que a mídia tradicional dá ao futebol, principalmente em sua versão impressa, não agrada os leitores.

Claro que essa mídia não tem os recursos e o fôlego do online, mas ainda assim em momentos mais que especiais como esse, um destaque é mais que merecido.

Na Folha, o Palmeiras concorre com o Super Bowl, o mega evento do futebol americano, que já considero o Brasil com sua maior audiência.