Connect with us

Cidades

Nova cepa em circulação identificada em Belo Horizonte, confirma UFMG

Published

on

Estudo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), grupo Hermes Pardini, Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da prefeitura da capital mineira indica para a circulação de uma nova variante do Coronavírus em Belo Horizonte. A pesquisa divulgada nesta quarta-feira é resultado do sequenciamento de 85 genomas do SARS-CoV-2 de amostras clínicas coletadas na Grande BH.

“É a primeira vez que há descrição da nova possível variante. Não havia sido descrita anteriormente. Ainda não sabemos o que ela pode causar. As mutações que ela possui, sempre no mesmo local, na proteína S, podem ou não estar relacionadas com aumento de transmissibilidade. Acabamos de descobrir, ainda não sabemos”, explica ao TEMPO Danielle Zauli, coordenadora de Pesquisa e Desenvolvimento do Pardini.

Porém, ainda mais comuns na capital, são as cepas de Manaus e do Reino Unido.

Jornalista e editor dos sites Da Redação, Front Pages News e Cura Plena. Escritor do 'Museu da Notícia' e 'Quer um conselho?'.

Continuar Leitura
Advertisement
Advertisement

Mais vistas