Nova alça do viaduto Augusto Franco em Juiz de Fora visa absorver 40% do fluxo

A alça do Viaduto Augusto Franco foi aberta ao tráfego de veículos nesta quarta-feira, 11, pelo prefeito Antônio Almas. O novo acesso, denominado “Radialista José Vicente de Barros”, quarta obra viária concluída nos últimos anos, tem como principal função ligar as avenidas Brasil e Francisco Bernardino, visando a absorver cerca de 40% do fluxo de veículos que circulam no viaduto. A estrutura também é a primeira via pública de Juiz de Fora iluminada com tecnologia led, com lâmpadas de 150 Watts.

“É com muita satisfação que entregamos mais esta obra para a população, que vai aliviar, e muito, o trânsito na região da Praça Antônio Carlos. A alça é mais uma parte do grande plano viário que estamos entregando para a população, que inclui três pontes já em operação. As próximas realizações serão o viaduto de ligação dos bairros Santa Teresa e Poço Rico, e o viaduto dos “Três Poderes”, que interligará a Avenida Francisco Bernardino à ponte Wilson Coury Jabour Júnior, que será mais uma estrutura de transposição da linha férrea”, ressalta o prefeito Antônio Almas.

Para o secretário de Obras, Amaury Couri, a alça do viaduto é mais uma conquista para a cidade. “Mesmo com toda a crise pela qual estados e municípios estão passando, Juiz de Fora continua entregando obras para a população. Estamos empregando com responsabilidade todos os recursos recebidos”.

Os motoristas que forem acessar o Viaduto Augusto Franco devem ficar atentos à nova sinalização do local. “O mais importante para o trânsito será o ganho no tempo de trajeto dos coletivos que vêm da zona leste. Antes, os motoristas que seguiam na Ponte Carlos Otto em direção à Avenida Francisco Bernardino tinham, obrigatoriamente, que passar pela Praça Antônio Carlos. Com a alça, eles vão acessar mais rapidamente a avenida, o que também vai propiciar um grande esvaziamento do entrocamento das avenidas Itamar Franco e Getúlio Vargas”, completou o secretário.

A alça foi denominada “Radialista José Vicente de Barros” através da lei municipal 13.771. “É uma grande homenagem da Prefeitura ao meu pai, que trabalhou por 55 anos em uma rádio, a então ‘Rádio Solar’, que ficava aqui ao lado do viaduto. É um reconhecimento do serviço de utilidade pública que ele prestava para a população, dentro do seu programa de música sertaneja. Seu trabalho e seu nome vão ficar ainda mais eternizados com esta obra, que vai beneficiar tanto os moradores da cidade”, conta o médico Rogério Cruzeiro de Barros.

Linhas terão itinerários alterados

Com a abertura da alça do viaduto, a Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) realiza mudanças nos itinerários de 21 linhas do Transporte Coletivo Urbano.

As linhas 422 (Santa Cândida), 424 (Aracy), 430 (São Sebastião/ Via Bonsucesso), 431 (São Benedito), 432 (São Benedito), 433 (Vila Alpina), 434 (Vila Alpina), 437 (São Bernardo), 230 (Santa Paula), 411 (Vitorino Braga) e 415 (Linhares/ Via Vale dos Peões) passam a acessar a alça e continuarão parando no ponto da Praça da Estação.

Já as linhas 412 (Parque Burnier), 438 (Parque Serra Verde), 439 (Santo Antônio), 440 (Santo Antônio), 441 (Santo Antônio), 443 (Nossa Senhora de Lourdes), 444 (Nossa senhora de Lourdes), 445 (Nossa senhora de Lourdes), 447 (Nossa Senhora de Lourdes) e 499 (Linhares) vão parar no novo ponto na Rua Ângelo Falci.