No Estado de São Paulo, uma morte por Covid a cada 3 minutos

O recorde registrado nesta sexta-feira de 521 mortes, fez o Estado de São Paulo ter uma média de um óbito por Covid a cada três minutos. A nível Brasil, o terceiro dia com mais de 2.000 vítimas fatais pela doença, o que o coloca o país na primeira posição em letalidade, maiores percentuais de ocupação de leitos de UTI e com mias bebês órfãos de pais que morreram em decorrência da pandemia. E mais: tem o maior número de mortes de grávidas das Américas.

As aulas do município de São Paulo retornam exclusivamente para o modo remoto a partir de quarta-feira, até dia 1 de abril.

Nesta segunda-feira, o Estado mais populoso também passar a adotar sua fase mais restritiva, a emergencial.