Não apenas ‘terrivelmente evangélico’, mas um pastor: promessa de Bolsonaro para STF

Nas últimas horas, volta a circular de maneira fervorosa vídeo do presidente Jair Bolsonaro prometendo não apenas um ocupante ‘terrivelmente evangélico’ para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), mas um pastor atuante, lembra a jornalista Mônica Bergamo, da Folha. ‘A segunda vaga [do STF, que será aberta em julho] com toda a certeza, mais que um terrivelmente evangélico, se Deus quiser nós teremos lá dentro um pastor’.

O nome mais forte até o momento é o de André Luiz Mendonça, da Advocacia-Geral da União.

Ele é pastor presbiteriano.