Mudança de planos? Amoêdo recua e Zema pode ser candidato a presidente

Há meses, com adoção de medidas mais duras de isolamento social — desagradando Bolsonaro —, o governador Romeu Zema (Novo) se afastou do presidente e agora esse movimento fica mais claro: João Amoêdo se colocou como pré-candidato novamente pelo partido ao Palácio do Planalto, recuou e agora o nome mais forte da sigla é o do empresário mineiro que surpreendeu nas eleições de 2018 ao Palácio Tiradentes.

No entanto, o diretório mineiro é favorável a candidatura à reeleição, de acordo com O TEMPO.

‘O partido agora tem que fazer suas discussões internas e verificar se faz sentido termos um novo nome para candidatura ou se faz sentido não apresentarmos candidato e ficarmos só no âmbito estadual, no caso governador, senador, deputados estaduais e federais’, afirma o presidente do Novo em São Paulo, Alfredo Fuentes.